BLOG

12/11
2018

A aluna de Gestão de Recursos Humanos foi encaminhada para estagiar em um empresa de RH aqui na cidade. Clara Tertuliano de Assis está no 1º período no turno da noite da graduação e está estagiando na empresa que oferece serviços de  recrutamentos e seleções na sua área. A responsável pelo encaminhamento foi Micheline Xavier, que cuida dos direcionamentos dos alunos para o mercado de trabalho e estágios. 

12/10
2018

O conceito de solidariedade está vinculado à família. Ela está ligada exclusivamente à valores mútuos que tornam o ser humano mais social, qualificando-o ao sentido da cidadania. As ações sociais se casam com este conceito e andam de mãos dadas para a formação de uma sociedade mais humanizada, de amor ao próximo valorizando a importância do outro independente de classe, idade, gênero, cor, raça ou crença.

Os estudantes do curso de Recursos Humanos estão pautados em realizar trabalhos que visam a melhoria das relações interpessoais. Pensando nisso, eles se dispuseram a realizar doações em benefício ao Lar da sagrada Face, na cidade de Lagoa Seca e à Casa da Criança Dr João Moura, aqui em Campina Grande no dia 08 de dezembro.  Engajados em levar amor, eles do 1º, 2º e 3º período do turno da noite realizaram as duas ações no mesmo dia, com a entrega de alimentos e material de higiene pessoal suprindo às necessidades básicas de cada instituição. A ideia surgiu exclusivamente da aluna Angeolini Bezerra, do 2º período, após lançar a proposta ao coordenador do curso José Ozildo que abraçou a causa juntamente com as demais turmas.

De prontidão, eles iniciaram a campanha com antecedência fazendo arrecadação em pontos da cidade. Obtiveram um retorno positivo para alegrar aos felizardos que receberam todo suporte, sendo idosos e crianças, além de contar também com um bazar solidário. A atitude foi louvável! Com a ajuda das professoras Deyse Lucena, Joyce Siqueira e Larissa Macêdo, as turmas conseguiram transporte, apoio na ação e todo reconhecimento por parte de alguns docentes da Faculdade Rebouças e até dos familiares dos estudantes.

O sentimento de gratidão é a principal definição dos alunos após a experiência vivida. Para eles, a satisfação de levar o bem e ajudar àqueles que mais necessitam é o maior presente. Os ensinamentos absorvidos são de valorização da vida, de amor, compaixão e responsabilidade social, deixando os sorrisos como maior gratificação após a despedida de cada instituição.


Relatos:

Angeolini Bezerra dos Santos – 2º Período noite

Uma realidade triste! São 20 idosos, onde apenas 1 a família vai pegar para passar o final de ano com ele, ou seja, qualquer afeto, carinho nesses dias são de muita alegria para eles. A gente foi pra levar amor e a gente trouxe os ensinamentos que cada um recebeu daquele local, cada um passou a valorizar mais a vida, o ser humano e principalmente os idosos, e foi muito válido. Eu acho que o mundo num todo, sejam os animais, sejam as crianças, os adultos e os idosos. Eu acho que todo mundo ganhou com isso. Todos ganharam. O auge da gente foi cada sorriso e cada gratidão. Foi muito bom!


Giulianne Monteiro – 3º período noite

Eu considero como uma experiência única para a nossa vida e para nós que trabalharemos diretamente com pessoas, nos ajuda a ter uma visão mais humanitária do próximo. O sentimento de satisfação é enorme.  Não é uma ajuda, é o reconhecimento ao trabalho que essas instituições desenvolvem na preservação e manutenção da vida humana, fazendo o bem sem olhar a quem. Sabemos que ainda não conseguimos sanar todas as necessidades que eles enfrentam, mas sabemos que colocamos um tijolinho com as letras RH na história dessas instituições. Essa é apenas uma das muitas ações que o RH Solidário pretende organizar!

 

 Dêyse Lucena – Professora de Gestão de Recursos Humanos da Faculdade Rebouças

 Foi lindo!  Foi mágico!  Deus é maravilhoso! Usa de nós seres humanos para ajudarmos os demais. Não foi só uma entrega de alimentos e materiais, foi uma união, uma solidariedade de todos os alunos do curso de RH. Eles até relataram que depois do nosso PBL a turma ficou mais unida e eles entenderam o verdadeiro sentido do departamento de RH. Que além da teoria existe muita prática. Foi emocionante. Não tem como descrever essa emoção! Você ver os alunos engajados e saber em fazer o bem. 

Clara Tertuliano - 1º Período noite

O pouco tempo que ficamos aprendemos demais. Sabemos que existem pessoas que precisam de apoio, que precisam de carinho, comida e abrigo, mas é totalmente diferente você sentir essas pessoas. No sentir, no falar, no olhar delas. É importante porque vamos trabalhar com pessoas e isso traz o melhor que a gente tem. Esse lado humanizado, porque nada melhor do que o toque, o contato com o ser humano. E é uma experiência incrível! Você troca energias, sabe? E você está em contato com coisas que a gente tem conhecimento, mas a gente não convive. A gente não sabe o que é conviver, então a experiência de conviver, de estar e de conversar é diferente.

A experiência de estar com alguém que não quer deixar você ir embora mexe muito com você porque  começamos a perceber o tanto de pessoas que tem na sua vida e na sua casa que são importantes e aí você começa a pensar:  será que eu estou deixando alguém da minha família? Por mais que tenha tudo e esteja envolvida nas atividades de casa. Por mais que eu vá e fale às vezes, mas será que há alguém da minha casa que se sinta tão sozinho quanto essas pessoas? Seja da família, seja algum amigo, seja qualquer pessoa você pensa: Eu estou aqui fazendo diferença para essas pessoas? Mas quando eu chegar em casa eu quero que as pessoas saibam que elas são importantes para mim e nunca vou deixar elas sozinhas. Você se coloca no lugar do outro, isso é uma coisa muito, muito forte.

Não existe uma pessoa que não se comova com um olhar de uma senhora que passou o dia esperando a nossa visita. Ficamos muito surpresos como nós somos esperados e aguardados e essas pessoas são especiais para a gente e a gente faz por amar, pelo prazer e pelo amor por servir, e isso influencia muito nas escolhas das nossas vidas. Não escolhemos RH para mandar em pessoas, para simplesmente chegar e diz as pessoas o que fazerem. Para sermos lideres temos que amar servir e é isso que a gente faz no curso de gestão de pessoas. A gente ama as pessoas. E para sermos bons lideres nós precisamos servir os nossos liderados. É isto! Foi um encontro de almas maravilho e de aprendizado. 


Danilo Paulo - 2º Período noite

Solidariedade é qualquer ação que o indivíduo pode fazer para outra pessoa direta ou indiretamente. Seja uma ajuda financeira, com alimentos, roupas, entre outros. Solidariedade vai muito além! Ela pode te conectar à sentimentos, sensações que você não explica, só sente. Um dia que se eternizou e que mesmo diante de pensamentos tão diferentes conseguimos ser só um. O um dia que fez a diferença em uma sociedade tão egoísta e consumista como a nossa preservando o banal e deixando de lado a essência que para mim são os seres humanos.

Um olhar nos olhos, um aperto de mão, um carinho, são coisas que diariamente não nos damos conta de fazer e são atitudes como essa que perdemos quem mais amamos. Ver a fome bater na porta de uma criança, um abandono de um idoso, que no final de uma longa vida quer está junto da família. Isso me dói só de pensar! Solidariedade é fazer o bem sem olhar a quem. É abraçar um desconhecido, é fazer uma criança sorrir, é ver a alegria de um idoso, é ouvir ele dizer: “Fica pra almoçar” “vocês vão voltar novamente? ” “ Obrigado pela ajuda! ” É poder perceber que nesse mundo corrido e acelerado existe alguém como você e eu. Obrigado RH SOLIDÁRIO por me fazer sentir mais um ser humano.

12/07
2018

O amor pelos animais aflora desde a primeira troca de olhares. O reflexo nos olhos dos bichinhos, significa amor, carinho, cuidado e dedicação. O abandono de animais tem sido algo cada vez mais recorrente juntamente com os maus-tratos, largados em abrigos, pet shop, feiras de adoção e centros de zoonoses. Há felizardos que ainda conseguem se instalar em instituições que fornecem apoio e cuidado com a saúde, mas o número de animais abandonados na rua é algo extremamente alarmante.

O olhar de um animal que se encontra abandonado é sinônimo de tristeza, medo e horror, mas também de esperança. No mês de dezembro a quantidade de abandonos é ainda maior em decorrência das férias, período em que as pessoas viajam e deixam seus animais. A Associação Mundial de Veterinária (WVA) estima que existam mais de 200 milhões de cães abandonados no mundo, classificando como um problema de dimensão mundial. Em alguns estados brasileiros, a exemplo da grade metrópole São Paulo, 24 mil animais são abandonados por ano e apenas 1500 são adotados. Em média, 60 animais são sacrificados por dia. Isso mesmo. Por dia.

A tentativa de mudar o olhar da sociedade ainda é recorrente em meio à tantas campanhas de conscientização. Abandonar e maltratar animais é crime! O “Dezembro Verde”, mês de conscientização, que tem o objetivo de promover campanhas dando maior visibilidade ao tema, estimula a guarda responsável e a prevenção ao ato de abandono, envolvendo a população, órgãos públicos e organizações atuantes na área.

A Faculdade Rebouças, juntamente com o curso de Medicina Veterinária, cria a campanha no seu perfil do Instagram: A cada MIL curtidas será realizada a doação de 50kg de ração, e chagando a 10 mil curtidas a doação será de 1 TONELADA. Com o propósito de alcançar o maior número de pessoas nas redes sociais através de curtidas e conscientizar a população para a importância do DEZEMBRO VERDE, a doação será feita para os animais que foram resgatados da rua e que são acolhidos por pessoas ou instituições da cidade que arcam do próprio bolso ou sobrevivem de doações para o suporte de alimento e de cuidados, além de promover o Natal sem Fome dos pets. Os animais não são descartáveis, são seres sensíveis que têm a capacidade de sentir e perceber o que lhe rodeia. Sentem dor, medo, agonia, tristeza e ansiedade, mas também alegria, entusiasmo e felicidade. O abandono causa dor, sofrimento e morte.

12/05
2018

O aluno de Recursos Humanos Rafael Cândido Crispim iniciou o estágio extracurricular em uma clínica odontológica da cidade. Encaminhado pela coordenadora Micheline Xavier, ele foi o grande felizardo da vez.  A nossa central de talentos mais uma vez abrindo portas para o futuro direcionando os nossos alunos ao mercado de trabalho.

12/04
2018

    Os desafios do mercado surgem cada vez mais com a sua necessidade de profissionais qualificados. Atentar para a valorização do trabalho do designer de interiores é de suma importância quando o assunto é apresentação do projeto e das tendências da atualidade.

    As profissionais da área Adriene Costa, Juliana Matias e Samir Izu bateram um papo no mini evento Conversas em Design, também com a participação do professor e coordenador do curso Thiego Brandão, sobre o dia a dia de e um escritório de arquitetura e de design de interiores com os estudantes, aproximando-os da rotina do mercado. Para a realização de um projeto é necessário atentar para diversos segmentos que irão influenciar demasiadamente na qualidade, no resultado final e na satisfação do cliente.

    Técnicas e soluções criativas resultam na qualidade de vida, bem-estar e cultura para os usuários do ambiente. Tudo é pensado: Acessibilidade, iluminação, conforto térmico e acústico, ventilação, entre outros. A roda de conversa proporcionou aos alunos de design de interiores uma visão de mundo para a melhoria da prática e dos assuntos ministrados em sala de aula. 

12/03
2018

Mais um case de sucesso da nossa Faculdade Rebouças! A Coordenadora de Estágio Michelline Xavier encaminhou a aluna, de Gestão de Recursos Humanos, Mariana Fátima Aparecida dos Santos para estagiar em um escritório e advocacia aqui na cidade de Campina Grande.

 A grande responsável pelo direcionamento foi a “Central de Talentos” que vem mais uma vez auxiliando os nossos estudantes e abrindo portas para o mercado de trabalho. A faculdade Rebouças parabeniza nossa discente pelo mérito! 

12/01
2018

    O campo de recursos humanos está expandindo cada vez mais. A motivação está em primeiro lugar quando o assunto é a gestão de pessoas, visando as relações dentro de uma empresa de forma organizada e humanizada. Nesta semana, nos dias 29 e 30 de novembro no auditório da Faculdade Rebouças, os alunos do curso de Gestão de Recursos Humanos promoveram um evento que reuniu profissionais da área e trataram de assuntos de demasiada importância para o enriquecimento da formação acadêmica e a realidade do mercado de trabalho. A abertura contou com a presença dos nossos diretores Fábio Rebouças e Jeannine Nóbrega e do nosso ilustre coordenador do curso José Ozildo. 

    O RH em foco foi dividido em duas etapas: No primeiro dia a o tema “Qualidade de vida no trabalho” foi trabalhado pelas professoras Larissa Macedo e Joyce Siqueira. Logo após, o advogado Yago Calado palestrou sobre “O direito previdenciário no contexto atual. Já no segundo dia (30) o evento ficou por conta do professor Sharles Barbosa de Aguiar que falou em relação ao Empreendedorismo como a tendência do século XXI e animou a todos com a sua dinâmica inovadora. Dando sequência, e encerrando a noite, o pesquisador Paulo César Oliveira Brito debateu sobre “Tecnologia e Inovação”. Ao final das apresentações, brindes e sorteios foram distribuídos entre os participantes. A iniciativa dos estudantes já é de futuros gestores, tendo em vista que este o objetivo da formação acadêmica do curso de Gestão de Recursos Humanos. 

11/29
2018

Os alunos de recursos humanos do 2º e 3º período da manhã, realizaram uma ação social para arrecadar alimentos e fraldas para doação. Pensando sempre no próximo e na igualdade, eles produziram duas cestas básicas para dois funcionários da instituição. Francisco de Assis e Marcos Américo, foram os felizardos e ficaram surpresos com a atitude da turma: “Que vocês continuem assim, sempre de braços abertos e que possam sempre olhar para o outro”, conta seu Francisco, como todos o chamam, com emoção e alegria.

Após a entrega das cestas, foi a vez do aluno, colega e papai de primeira viagem, Juliano Arcanjo, receber a doação de fraldas para o seu filho que está por vir. Este é o real objetivo do curso de Recursos Humanos: Formar profissionais que se preocupam com o bem-estar social, com humanidade, solidariedade e amor ao próximo. A Faculdade Rebouças parabeniza a atitude dos alunos e se orgulha pelos gestos que norteiam nossos valores.

Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados